Allink Neutral Provider
pt
Tipos de contêineres: conheça os mais utilizados no Comex - Allink Neutral Provider
Você conhece os diferentes tipos de contêineres que facilitam - e muito - o transporte pelo mundo?

Essas grandes caixas de aço carregam, de um lado para o outro do mundo, os alimentos que comemos, as roupas que vestimos e inúmeros produtos que são indispensáveis em nosso dia a dia. Justamente por conta dessa variedade de mercadorias é que os contêineres também se diversificam.

Para você que atua em Comex e precisa exportar ou importar mercadorias, é imprescindível entender essas diferenças. Mas isso ficou fácil, já que criamos este artigo especialmente para explicar para você sobre os tipos de contêineres.

Embarque nesta leitura!

Por que você deve saber escolher os tipos de contêineres certos?


Você já precisa saber de uma coisa: os contêineres existem em diferentes formas e tamanhos, se adequando para diferentes finalidades. Conhecer os tipos de contêineres dá a você uma vantagem na escolha do melhor tipo de embarque para sua mercadoria.

Afinal de contas, não importa quais mercadorias você esteja enviando, sempre vai precisar que elas cheguem nas mesmas condições em que foram carregadas, correto? Nesse processo, o que é mais difícil decidir é saber qual equipamento escolher entre todos os diferentes que estão disponíveis no mercado hoje.

Isso se torna ainda mais importante se seus produtos precisarem de atenção especial. Talvez você tenha uma grande máquina de cinco metros de altura, alimentos que precisam permanecer congelados durante o transporte ou itens pesados "?"?que devem ser levantados usando uma ferramenta para içá-lo. Tudo isso impacta na escolha do melhor modelo.

No fim, o principal motivo de observar os tipos de contêineres é para saber que a mercadoria chegará da forma correta no seu destino final. E não, não é apenas um único tipo de contêiner tradicional que servirá para qualquer item.


5 tipos de contêineres que você precisa conhecer


Agora vamos conhecer quais são aqueles modelos mais usados na operação de Comex. Mas antes, é importante destacar que existe uma divisão por tamanho entre todos eles:

20” - Conhecido como TEU (Twenty Foot Equivalent Unit)

40” - Conhecido como FEU (Forty Foot Equivalent Unit)

Observe que o comprimento, a largura e a altura de cada tipo de contêiner que devem ser consideradas são as medidas internas, e não externas. Por isso você verá variações nas dimensões.


1. Dry ou Standard

Para a maioria das operações de Comex, não há nada melhor do que um contêiner padrão. Este tipo de contêiner de transporte possui porta em apenas uma extremidade.

Ele é totalmente fechado, usado para transportar cargas gerais como móveis, peças de automóveis, roupas, alimentos não perecíveis, entre outros.

Para muitas empresas que fazem envios internacionais, este tipo de contêiner é ideal. Mas, dependendo da natureza da sua carga, é importante conhecer as outras opções disponíveis no mercado. Portanto, continue a leitura!


2. High Cube ou HC

Seus produtos requerem uma altura extra? Esse tipo de contêiner possui as mesmas dimensões laterais do modelo Dry, porém a sua altura é mais elevada nessa comparação.


3. Reefer ou RF

Esse é o tipo de contêiner refrigerado. Ou seja, é usado para mercadorias que precisam ser transportadas com temperaturas rigidamente controladas. É um modelo muito utilizado pela indústria farmacêutica e alimentícia.

O piso dele possui um deck em forma de T que envia ar frio para todo o contêiner. Isso garante que haja um fluxo de ar consistente entre as mercadorias. Eles podem manter qualquer temperatura entre -30ºC e + 30ºC.


4. Open Top

Como o próprio nome já indica, esse é o modelo que possui o teto aberto. Nas dimensões, ele utiliza as mesmas do modelo Dry. Ele conta com um diferencial que é o teto de lona, que permite acomodar mercadorias com altura maior que a de um contêiner tradicional.

Por isso, é muito usado no transporte de máquinas, pois além de acomodar mercadorias altas, a estufagem do contêiner pode ocorrer pelo teto, usando a técnica de içamento. Esse ponto é fundamental para facilitar toda a operação logística em alguns casos.


5. Flat Rack

O contêiner do tipo Flat Rack conta apenas com cabeceiras fixas ou móveis. Geralmente é o modelo usado para transportar carga com excesso de tamanho, tanto nas laterais como na altura. Alguns exemplos de mercadorias que se encaixam nesse modelo são bobinas, tubos, máquinas industriais, entre outros.

Eles podem ter extremidades verticais, enquanto outros têm extremidades dobráveis "?"?para aumentar sua adaptabilidade a diferentes tipos de carga.


3 dicas para escolher o contêiner certo para sua operação


Aqui estão alguns dos fatores que você deve ter em mente ao escolher o tipo certo de contêiner para seu embarque:


1. Identifique que tipo de mercadoria será transportada

Saiba qual tipo de mercadoria será enviada, o peso e suas dimensões. Entenda também se ela possui requisitos especiais como controle de temperatura, isolamento ou ventilação. Cada um desses itens pode interferir no tipo escolhido.


2. Conte com contêineres que usam o monitoramento em tempo real

Ao colocar um dispositivo de monitoramento inteligente dentro do contêiner, você pode rastrear uma série de parâmetros importantes, como temperatura, umidade e localização.

Dessa forma, você também pode optar por receber notificações em tempo real - por email ou SMS - sempre que algo acontecer: os níveis de temperatura e umidade forem excedidos, o contêiner sofrer uma abertura fora do local previsto, significando que a porta foi aberta.

Desta forma, se a mercadoria foi danificada, você saberá exatamente onde, quando e o que pode ter causado isso. Poderá então usar as informações para melhorar suas remessas futuras.


3. Entenda se precisará de LCL ou de FCL

Se você atua na área de comércio exterior e de logística internacional, certamente já deve ter ouvido falar em LCL e FCL.

Antes de olhar para os tipos de contêineres e escolher o que irá usar, faça a medição do peso e volume total que a mercadoria vai ocupar para descobrir qual modalidade precisará escolher.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado a tirar as suas dúvidas sobre os diferentes tipos de contêineres. Agora temos mais uma dica importante: baixe o nosso Guia LCL e saiba tudo sobre essa modalidade de transporte internacional.

Próxima
publicação

Seja o primeiro a saber das novidades e notícias do mundo