Allink Neutral Provider
pt
Segurança no transporte de cargas: o que ficar de olho? - Allink Neutral Provider
Você já ouviu falar no “Minha Carga Segura”? É uma solução nossa, da Allink, desenvolvida em parceria com a Korsa Seguros. Para apresentá-la, nós convidamos James Theodoro, presidente da Korsa Seguros, para explicar como surgiu esse projeto e como ele funciona agora.

Vamos lá?

Do surgimento do seguro até hoje...

Pouco se comenta, mas, a origem do seguro está muito ligada ao surgimento das iniciativas comerciais na civilização, anos antes de Cristo. Nessa época, caravanas atravessavam o deserto para comercializar camelos e, já ali, havia acordos de ressarcimento sobre a perda de animais durante a travessia.

Ainda de forma rudimentar, esse acordo também se tornou um importante mecanismo de proteção financeira para embarcadores durante as grandes navegações, mediante o pagamento de um valor sobre o risco de perdas de mercadorias.

Do início da civilização para hoje, podemos perceber que os atores da cadeia logística estão habituados a essa modalidade de proteção de seus produtos no transporte internacional. “Dificilmente uma empresa, com produtos no valor de milhares de dólares, embarca sem a garantia de reposição dos seus prejuízos, em caso de incidentes diversos e possíveis no transporte internacional”, comenta o presidente da Korsa Seguros.

Infelizmente, essa preocupação foi potencializada nos anos 2020 e 2021 pelo estresse do caos logístico pelo mundo - falta de contêineres, navios atracados por longo tempo em quarentena, cancelamento de rotas, demora na expedição de produtos etc - e da probabilidade de ocorrerem mais incidentes com mercadorias!

Como o seguro oferece mais garantias para quem embarca

Por mais especializados e profissionais que sejam os operadores logísticos, são várias as condições e os contextos em que a mercadoria de importação e exportação está sujeita, o que significa alta probabilidade de risco de sinistros em qualquer etapa da cadeia logística.

O transporte de cargas está sujeito a inúmeros tipos de incidentes, tais como:


- Imprevistos: alteração de rota aérea ou marítima por conta de mau tempo, tombamento de mercadorias por conta de colisões etc.

- Avarias: excesso de carga em um veículo pode causar tombamento e prejuízos em mercadorias, assim como o mal acondicionamento pode causar quebras, amassamentos e danos na estrutura de produtos.

- Assaltos e roubos: esse risco não é previsível e, infelizmente, é possível de acontecer, principalmente em estradas.

“Quando falamos em sinistro, é possível que as pessoas foquem em casos como esses. Mas, imagine a seguinte situação: um navio com avaria grossa, em que o comandante precisa jogar contêiner ao mar por perda total do navio. Se a sua mercadoria não possui seguro de transporte internacional, ou sequer cobertura para esse tipo de sinistro, é possível que a sua empresa precise gastar ainda mais para intermediar o processo judicial contra o armador. Grave rombo financeiro, concorda?”, aponta James Theodoro.

Diante disso, quem é experiente no mercado de comércio exterior precisa reconhecer: seguro de cargas é economia. Pois, garante suporte financeiro caso ocorra incidente com o produto e reduz o prejuízo.

Além disso, protege a relação da sua empresa com o cliente contratante do serviço de transporte internacional de cargas. Principalmente referente a clientes que possuem programas de governança e de compliance bem robustos e precisam que todos os fornecedores da cadeia logística sejam segurados.

Ou seja, seguro de cargas internacional é sinônimo também de tranquilidade e de profissionalismo para o seu processo logístico.

BÔNUS: Como contratar um seguro de cargas

Está convencido que contratar seguro é primordial para o transporte de cargas? Veja agora o que você precisa levar em conta na hora de escolher um seguro:

- não seja seduzido por preços, afinal, o “barato sai caro”. Compare as coberturas dos seguros para entender quais assistências você terá, quais riscos o serviço suporta e até para entender como é o processo de assistência;

- selecione a solução que facilite o seu dia a dia de exportação e importação - que já é recheado por burocracias;

- escolha um prestador de serviço que automatize os processos e resolva tudo por você;

- pesquise sobre a tradição do prestador de serviço na área e contrate aquele que atende ao perfil do seu exportador e importador.

Conheça o “Minha Carga Segura” da Allink

Como explicamos desde o início deste artigo, atenta às peculiaridades do transporte de cargas e preocupada com a segurança dos produtos de seus clientes, a Allink criou o “Minha Carga Segura” em parceria com a Korsa Seguros.

Trata-se de um seguro de transporte internacional porta a porta, com condições especiais, inovadoras e exclusivas para os clientes da Allink. A apólice de cobertura do seguro de cargas da Allink é muito ampla para todos os riscos para bens e mercadorias novas, e possui cobertura até para o que você nem imagina no caso de bens usados.

Para você entender melhor como o “Minha Carga Segura” se diferencia das demais tratativas do mercado, lembre o seguinte: para exportar uma carga, você precisa negociar o seguro, enviar a fatura comercial, informar à seguradora que o embarque foi feito e, quando o produto chegar ao destino, tratar diretamente com a seguradora o caso de avarias.

Já os clientes da Allink são automaticamente amparados pela cobertura “Minha Carga Segura” e não precisam mais fazer a averbação dos embarques. Além disso, não pagam franquia para indenizações.

Outro ponto importante: o seguro de carga internacional costuma levar alguns aspectos em consideração para aceitar o risco de transportar um produto, tais como: modal, tipo de mercadoria, tipo embalagem, origem e destino de envio, entre outros.


“No 'Minha Carga Segura', não limitamos o tipo de carga por modal ou por rota para acordar a cobertura. A mercadoria pode ser transportada por avião, marítimo, ferroviário, rodoviário e qualquer outro, ou ir de qualquer lugar para outro, que aceitamos cobrir o risco. O que nos orienta é: tudo aquilo que poderia prejudicar o cliente favorece o cliente. Por que fazemos isso? Porque mais de 80% dos clientes buscam por serviços disruptivos e nós estamos aqui para oferecer disrupção e inovação”, esclarece James Theodoro, presidente da Korsa Seguros.

Além da ausência da necessidade de averbação e do pagamento de franquia, conforme explicamos acima, existem outros benefícios do “Minha Carga Segura” para o transporte seguro de cargas dos clientes Allink. Veja!

- não há cláusula de rateio para o pagamento proporcional de prejuízo

- não existe a exigência do gerenciamento de risco trecho Brasil

- realizamos cobertura por HBL

- eliminamos todas as restrições e cancelamos os processos burocráticos para aquisição do seguro, basta embarcar com Allink para ter direito à proteção.

É isso mesmo: contratou Allink, a sua carga está assegurada! Vem saber mais sobre o “Minha Carga Segura” e embarque já com o nosso time!

Próxima
publicação

Seja o primeiro a saber das novidades e notícias do mundo