Buscar

Notícias Allink


Greve dos auditores fiscais está suspensa até 31 de julho em todo o país
Jul/18 06

Greve dos auditores fiscais está suspensa até 31 de julho em todo o país

Fonte | G1

Os auditores fiscais da Receita Federal do Brasil decidiram, nesta quarta-feira (4), pela suspensão da greve na Alfândega e na Delegacia da Receita Federal até 31 de julho. A greve está suspensa em todo o país, incluindo nas unidades de Santos, no litoral de São Paulo. Com isso, os auditores voltam a trabalhar normalmente até o fim do mês.

Em 26 de junho havia sido aprovada a continuação da greve até 15 de julho, mas durante uma reunião na mesma data entre o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, e a direção do Sindifisco Nacional, sindicato que representa os Auditores Fiscais da Receita Federal, Maia se comprometeu a interceder junto ao presidente da República pelo cumprimento do acordo salarial fechado com o governo em 2016. Em troca, pediu a suspensão da greve da categoria.

A direção do Sindifisco Nacional avaliou o pedido de Maia e decidiu suspender a greve. Caso ele não cumpra o prometido, a categoria volta a paralisar os trabalhos em 1º de agosto. A Assembleia Nacional que decidiu pela suspensão da greve aconteceu em todo o país no início desta semana e, em Santos, ela aconteceu na terça (3). Os auditores fiscais da cidade também votaram pela suspensão da greve.

Greve

Os auditores reivindicam o cumprimento do acordo salarial fechado com o governo em 2016. A paralisação teve início em 1º de novembro de 2017 e a greve de forma contínua e ininterrupta da categoria começou em 14 de maio.

 

Voltar